Vergonha.

Um bando em campo. Um amontoado de jogadores que trajando a nossa gloriosa camisa, pareciam desinteressados, comportando-se como se estivessem naquela pelada com churrasco no final de semana.

Martin Silva falhou de forma ridícula num dos gols. Julio César não tem mais a menor condição de jogar bola. Um ex-jogador em campo. Simplesmente não consegue acompanhar um atacante que saiba apenas correr com a bola. Madson, pela enésima vez, um total inútil em campo. Hoje nem os laterais ele acertou e ainda falhou em um dos gols que tomamos. A dupla de zaga parecia que tinha se conhecido hoje. Pareceu-me que, ou eles estavam muito cansados, ou com uma enorme preguiça de jogar.

O meio com Diguinho que dispensa comentários. Andrezinho não é nem sombra do que foi no início do ano. Lento toda vida… Deu até inveja ao Júlio dos Santos. Éderson, apesar do lindo gol, mantém a sua média: 10 gols perdidos para um marcado. E qual é o jogador que comemora com surpresa depois de ter marcado o gol? Oi? Surpresa? Como assim? Não era para ter marcado??

Thalles até que jogou um pouco mais que o normal, mas o peso estilo baleia o atrapalha demais. Júnior Dutra, não fossem suas chuteiras verdes, nem seria notado em campo.

O Pickachu sentiu a temida “síndrome do ex-clube”. Emocionado por enfrentar o clube que o revelara, decidiu não jogar nada.

No fim, nossas esperanças ficaram em Jorge Henrique (?), Leandrão (?!?!?) e no garoto Evander.

Péssima atuação. Um segundo tempo de dar vergonha até naquele seu amigo vascaíno otimista extremo.

A liderança nos escapou. Faltam nove rodadas.

Sempre disse que não faço questão de ser campeão da série B. Se for, ótimo. Mas se não for e subir, tudo bem.

Agora, nesse nível medíocre dessa série B… Num campeonato em que o Vasco jogando mal várias e várias rodadas, sendo derrotado aqui e acolá, perdendo pontos ridículos e mesmo assim só perdendo a liderança que manteve por 28 rodadas hoje… Para mim tornou-se obrigação vencer a série B.

Nenê fora por ter tomado um cartão amarelo no jogo anterior de forma absolutamente ridícula: por reclamação. Um cara com a experiência dele não pode deixar isso acontecer. Pelo menos não intencionalmente…

Nosso atual melhor jogador – Douglas, fora com a Seleção brasileira sub-20. E ainda há aqueles que torcem para que nossos jogadores sejam convocados…

O outro melhor jogador, o lateral Alan no banco e nós tendo que aturarmos o Júlio César…

Rodrigo dispensado (?), por tempo indeterminado (?!?!?) para tratar de assuntos particulares (??!?). Eu sinceramente gostaria que o Eurico viesse a publico e explicasse o que aconteceu. Eu sei… Eu sei… Vou ficar na vontade.

Isso tudo fora e um bando em campo, deu no que deu. Era mais que esperado.

E por favor: não me venham dizer que perdemos por conta de erros do árbitro.

Sim, houve um gol mal anulado e um pênalti não marcado. Mas merecemos perder. Irrelevantes as falhas de arbitragem.

E como desgraça pouca é bobagem, nosso próximo jogo é contra um dos times do atual G4 e abrimos mão do nosso mando para jogarmos em Manaus…

Ora, de que nos serve São Januário então??? Será que para o físico de nossos “velhinhos” o melhor é viajar para Pernambuco, depois para o Pará e por fim para o Amazonas?!?!?

Com a palavra Eurico Miranda e/ou seus asseclas.