Uma derrota humilhante…..

O Ceará não ganhava há anos do Vasco. Quis que hoje fosse o dia do desencanto. Em forma de vexame. O onze cruzmaltino levou 4 hoje em SJ. E só não levou mais, porque o Vozão tirou um pouco o pé. Poderia ter sdo muito pior.

O passeio cearense começou logo cedo aos 3 minutos em uma lambança entre Neto Borges e Carlinhos. Disso se aproveitou Vina, que deu um belo passe entre os 3 zagueiros cruzmaltinos, onde apareceu Pedro Nasseri, livre, por trás de Leandro Castan para tocar, livre, na saída de Lucão. Aos 14, a primeira chance cruzmaltina, num cruzamento de Léo Gil para Ribamar cabecear para defesa de Richardc. Mas o que já era difícil e complica ainda mais aos 24: Bruno Pacheco entorta Leo Matos e cruza para Cléber mergulhar na bola entre Ricardo Graça e Neto Borges, 2 a 0 Vozão. O time cearense diminui o ritmo e aos 39, Andrey solta a bomba para defesa de Richard. Fim do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Ceará recua, toca a bola para trás e disso se aproveita o Vasco para fazer uma pressão e aos 17, em um lançamento de Andrey, Ribamar gana na corrida e é derrubado por Luis Otávio. Pênalti, que Ribamar cobra com categoria. Parecia que o time cruzmaltino reagiria, mas…..Aos 33 minutos, com falta em Gustavo Torres, Pedro Nasseri lança Saulo em um contragolpe fulminante, fazer 3 a 1. E para completar, aos 43, outro contragolpe, pênalti de Miranda. Saulo cobra e completa a humilhação cruzmaltina em SJ.

Uma noite para ser esquecida. A noite de hoje foi um pesadelo daqueles. O Vasco segue agonizando no Z4 e hoje, pelo momento ruim que passa o time, infelizmente hoje o onze cruzmaltino é forte candidato ao descenso. Deveria ter aprendido com os 3 descensos anteriores, mas pelo visto segue uma agonia lenta que parece não ter fim.