Um pênalti ridículo e 3 pontos jogados fora

Na conta do Pokemon. Há muito tempo, os adversários sistematicamente atacam o lado direito da defes cruzmaltina. E desde Abel Braga, isso tem ocorrido: em uma derrota para a Cabofriense em SJ, Pikachu deixou o ponta adversário invadir livre e Werley fazer o pênalti; contra o Botafogo, Kalou passando como queria por ele; contra o Sampa, Paulinho Boia passando por ele em 10 de jogadas e hoje culminou em um pênalti ridículo. E uma derrota e 3 pontos jogados fora.

O jogo de hoje foi um dos piores do campeonato. O primeiro tempo foi patético e só teve um chute de Geram Cano aos 14 minutos em que Wilson fez bela defesa para escanteio. No mais, a bola foi literalmente maltratada pelos 20 jogdores de linha. Erros sucessivos de passes, especialmente da equipe da casa. Um jogo de dar sono. Pouco há o que dizer do primeiro tempo.

O segundo tempo também foi de baixo nível. Mas pelo menos o Vasco se propôs mais a jogar. E criou 3 chances claras de gol: aos 14,passe de Talles Magno, Cano toca no cantinho, defesa de Wilson. Aos 21, cruzamento de Cano e Talles Magno acerta a trave. Aos 33 minutos, Guilherme Parede recebe de Cano e Wilson. E ainda teve um outro lance em cruzamento de Guilherme Parede e a bola passa em frente a Ribamar que passa…..lotado. Só que quem não faz leva….E aos 43 minutos, o lance que definiu a partida: cruzamento da direita e Pikachu faz uma tremenda lamabnça e empurra Robson. Um pênalti ridículo e ele acreditando que o VAR nao veria… E viu. Pênalti marcado. Na primeira Fernado Miguel pegou. Mas o juiz mandou voltar e na segunda não teve jeito. Coxa 1 a 0 e 3 pontos perdidos. Ainda teve um outro pênalti em Neto Borges em que ele toma um pisão do zagueiro Rodolpho e o juiz não marcou. Ali acaba a partida.

Com a lambança de Pikachu, o Vasco perdeu 3 pontos irrecuperáveis. Os próximos jogos serão em SJ; quarta feira contra o Botinha pela Copa do Brasil e domingo contra o Braga. O onze crizmaltino precisa se recuperar o quanto antes e não perder o ritmo, sob pena de jogar fora o bom início. Sem Benitez, o Vasco é um deertco de ideias. Fato. Que o time volte a vencer e não se acostume a perder.