Nossa torcida é nosso maior patrimônio

Amigos,

O que dizer com o que fizeram com nosso São Januário? Fiquei chateada, triste e envergonhada.

Se houve facilitação, se houve cúmplices, se houve ordem cabe ao ministério público investigar, mas um torcedor de bem não depreda o patrimônio, nosso estádio, de tanto orgulho. Aliás, torcedor de bem, em confusão, foge da briga. A polícia também apresentou-se despreparada, ao tentar acalmar os valentões com tiros de borracha e gás lacrimogêneo. Sendo assim, atirando para todos, inocentes e brigões.

Conforme li na internet – desconheço o autor – está na hora de se punir cpfs e não cnpjs. Se o Vasco, de alguma forma, tiver participado, seus dirigentes precisam ser punidos.

Um estádio não pode ser responsabilizado pelas brigas, nem por nada que poucos fazem. A torcida apaixonada está sendo punida quando vai ao estádio apenas para torcer.

Não é afastando seus torcedores nem o time ficar sem seu campo que vamos corrigir a falta de educação de alguns. Apenas com punição severa que isso, de fato, irá reeducar. Infelizmente o brasileiro só entende dessa maneira.

Quanto à segurança, é preciso ficar definido quem tem o poder de coibir: policiais ou seguranças  privados do clube. Excessos são feitos por ambos, não preparados para lidar com situações extremas.

Outras brigas mais severas tiveram punições menos severas. Só quero ver se vão prejudicar o Vasco.

++++++

Nossos meninos brilharam e acabaram com a maldição do Barradão. Deram show, mostrando que o Vasco forte precisa de uma base forte. Os garotos da colina mostraram personalidade e souberam colocar uma vantagem no placar, fazendo o jogo ser tranquilo.

Eu sou defensora do Thalles e sei que as pessoas me criticam. Sempre disse que suas convocações pra seleção não eram em vão. Sabe se posicionar, sai pra buscar jogo e é bem participante. Cabe a ele decidir se quer ser um atleta profissional. Tem tudo pra decolar e, em suas últimas entradas no lugar do Fabuloso, tem guardado seus gols.

O Paulo Vitor foi posto em duas furadas, uma no Engenhão e outra contra o Palmeiras. Mas com uma personalidade incrível, marcou um golaço contra o Vitória. Guilherme, não sei o porquê de quase não   entrar. Participa do jogo, coloca passes bons e tem visão de jogo. O Paulinho é promessa se tornando realidade. Andrey entrando, ainda mais com Douglas saindo e volantes sempre recebendo muitos cartões, terá mais chance. Sem falar em Caio Monteiro.

Que orgulho dos nossos meninos. Há tempos não vejo uma geração subir com tanta qualidade.

Por falar em Douglas, achei sua saída precipitada. Subiu aos profissionais e podia ter ficado até o final do ano. Já não vinha fazendo ultimamente boas apresentações, mas mesmo assim era titular. Não sei se já sabia do interesse do time de fora e isso mexia já com sua cabeça. Poderia ser vendido melhor, mas não são números desprezíveis. Uma pena que o Vasco esteja na mão de um empresário que deverá ficar com quase metade desse valor.

+++++

Não entendi o Vasco não poder jogar com sua torcida domingo, contra o Santos. Lembrando que julgamento é só segunda e apenas São Januário foi interditado. O clube ainda não foi punido e já estão punindo clube e torcida antecipadamente. Vergonhoso!

Então jogo será no Engenhão, sem custo de aluguel, apenas das contas fixas de despesa de jogo.

Não sabemos por quantos jogos iremos perder nossa casa, o quanto isso vai nos prejudicar, já que em casa, com nossa torcida, fazíamos a diferença. Que nossos jogadores com isso tudo se tornem mais fortes e se doem o dobro pra compensar nossa ausência.

++++++

Independente do que aconteça, não abandonem o Vasco. O Vasco não é de ninguém especificamente. É da sua torcida. Por mais maltratado que ele tenha sido ultimamente, se abandonarmos, será pior. Com ou sem torcida, somos o seu maior patrimônio.

+++++

Que domingo, possamos ganhar do Santos e, mesmo sem nosso treinador nos dois próximos jogos, mostrar o que viemos fazer nesse campeonato.

Continuo pés no chão. Fazer primeiro os 45 pontos e depois correr atrás de algo maior.

+++++

Sempre ao seu lado. Incondicionalmente.

+++++

E você já é sócio do Vasco? Está esperando o quê?