Sula 2020 – Feliz 2020

Hoje o cruzmaltino conseguiu assegurar a vaga na Sul Americana, com o empate em 1 a 1 ante ao Bahia. A boa dessa semana foi a ultrapassagem cruzmaltina sobre os urubulinos e hoje somos o clube com o maior número de sócios no país. A venda de ingressos continua até sábado para a festa final, no domingo, contra a rebaixada Chape no Maracanã.

O jogo teve dois tempos: o primeiro tempo foi do Bahia, e o segundo do Vasco. E foi um jogo em que as chances de gol foram poucas, apesar da correria como um todo no jogo. O Bahia começou em cima e logo aos 5, Artur soltou uma bomba, para boa defesa de Fernando Miguel. Aos 12, Andrey conduz a bola e solta uma bomba rasteira no canto e Douglas faz boa defesa. Depois, o Bahia dominou inteiramente e o Vasco sumiu no jogo. O Bahia também criou pouco, apesar do domínio e posse de bola. E o VAR agiu mais uma vez: aos 38, Raul foi empurrado por Moisés. O juiz marcou o pênalti. Porém o VAR acionou o juiz e, depois de ver o vídeo, cancelou o pênalti. E aos 44, Ricardo Graça levantou a perna e tocou a bola, na frente do atacante Gilberto. Como o pé foi levantado um pouco acima, atingiu o centroavante. Mas não foi intencional. Pênalti marcado e Ricardo Graça expulso. Aí valeria mais o cartão amarelo, visto que não houve intenção agressiva por parte do zagueiro. Gilberto bate com categoria e abre o marcador. Fim do primeiro tempo.

No segundo tempo, o Bahia veio mais decidido e logo aos 4 minutos, Gregory soltou uma bomba no travessão. O Vasco respondeu com Marrony aos 11, em um giro com boa defesa de Douglas. A partir daí, o jogo se arrastou, o Bahia foi diminuindo o ritmo, dando campo ao onze cruzmaltino. Nisso, o Vasco passou a dominar a partida mesmo com 1 a menos. E com as substituições feitas por Luxemburgo, partiu para dentro. Com isso, aos 36 minutos, Andrey provocou a expulsão de Artur Caíque. E isso facilitou as coisas para o Vasco que chegou ao empate aos 49 minutos, com uma enfiada de Andrey para Gabriel Pec, que cruzou rasteiro para Marrony chutar no cantinho, sem chance para Douglas. Gol de oportunismo. Após o empate, Richard dá um vacilo e Fernandão rouba a bola e chuta forte para ótima defesa de Fernando Miguel. E ficou por aí mesmo.

Dada as circunstâncias da partida, foi um ponto precioso, o de ontem. Mas para alcançar a nona posição, não dá mais. Essa ficará com Bahia ou Fortaleza. Cabe agora ao Vasco, fazer sua torcida feliz, que lotará o Maraca domingo e brindar a todos com uma grande vitória e alcanças a melhor posição que puder. Ficou a impressão, ontem, de que no primeiro tempo, o time jogou de forma desinteressada. Tendo em vista, o atraso de salários, os jogadores deveriam ter jogado com mais raça. E com isso, o Vasco poderia até ter vencido o Bahia. Agora, é tentar chegar em décimo lugar e ganhar um prêmio melhor, já que está classificadom para a Sula e isso não mudará. Mas o dinheiro ganho sim, este mudará.