Renuncie, presidente.

Senhor Presidente Eurico Miranda,

O senhor não me conhece e provavelmente também não conhece o Panorama Vascaíno.

Pois saiba que por aqui o senhor sempre foi tratado com respeito. Teve suas atitudes positivas elogiadas e os erros criticados com educação.

O jogo de hoje exige uma mudança profunda. Nem levo mais em consideração a situação do Vasco no Campeonato Brasileiro. Mas a completa falta de rumo da equipe. Não me lembro de ver, em toda a minha vida de cerca de 35 anos de futebol, um bando tão melancólico, tão desprovido de rumo quanto esse.

As contratações seguem acontecendo, da forma mais desorganizada, com os nomes mais estapafúrdios sendo trazidos. O critério nas contratações foi esquecido no passado. Ou não.

O senhor trocou a comissão técnica duas vezes.

E a situação, percebemos, só piora.

Presidente, sou mais novo que o senhor, mas já aprendi que quando a gente troca todos os comandados e a situação só se agrava, é porque o erro está no comando.

Presidente, acho que posso falar em nomes de milhões de Vascaínos: por favor, renuncie.

O Vasco precisa de sangue novo.

Mostre que o senhor tem sangue nas veias e ama o Vasco. Vá cuidar de sua saúde e deixe o Vasco seguir seu rumo.

Muito obrigado.