Privadas, mau-humor, CADASTROvascaino.com.br

O STJD atira uma privada na cabeça de cada vascaíno com a ridícula punição ao Santa Cruz.

Num jogo entre Santa Cruz e Paraná, duas privadas foram atiradas pela torcida do Santa Cruz sobre a torcida adversária. Um torcedor morreu e outro foi gravemente ferido.

Punição? Estádio interditado e dois jogos de portões fechados. Só. O primeiro jogo de punição foi mandado nos Aflitos, estádio do Náutico, na mesma cidade.

Enquanto isso, o Vasco sofre com portões fechados. E vai assim, até a Copa do Mundo. Claro que a punição ao Santa Cruz é ridícula comparada ao tamanho do ocorrido. Mas o foco aqui é o completo desrespeito ao Vasco. O tratamento que nos é dispensado é o de clube pequeno, sem qualquer representatividade nas federações. A atual diretoria conseguiu nos apequenar não só dentro de campo. Principalmente fora dele.

E o nosso mandatário ainda tem a pachorra de dizer que recuperou o respeito ao Vasco. Que chegue logo ao ostracismo. Já deu.

*****

O que causa tanto mau-humor a Douglas? Me causa estranheza a cara eternamente amarrada dentro de campo, como se estivesse aborrecido com tudo e todos. Será que está aborrecido com tudo e todos? Será que os (possíveis? prováveis?) problemas de salário já aparecem nos rostos em casa?

*****

O Vasco perde nova grande oportunidade com a iniciativa da gestão atual de cadastrar a torcida.

cadastrog

O vascaíno comum, de qualquer canto do Brasil, vai ter sua curiosidade de entender o que é o CADASTRO escrito na camisa do time. Mas vai ter uma tremenda dificuldade de ler o “vascaino.com.br” que vem abaixo. O incrível disso é que para a propaganda servir pra alguma coisa, o cidadão precisa ver a mensagem toda. Se o cidadão enxergar “cadastro” e não conseguir ler o resto, não vai adiantar nada. A imagem acima é um frame tirado da transmissão do jogo. É praticamente impossível enxergar a mensagem.

Me cadastrei no 1o dia da campanha, da qual tomei conhecimento se não me engano por matéria do NetVasco. Como trabalho com isso, me dei o trabalho de repetir meu cadastro dois dias depois. Com o mesmo CPF. Pra minha decepção, foi adiante. Hoje, agora há pouco, tentei novamente. Tudo como dantes. O Vasco agora tem três cadastros meus com o mesmo cpf e dados distintos.

Esse é só um dos muitos problemas do projeto que, com o que está publicado, não vai atingir os propósitos que um cadastro de torcida deveria atingir.

abraços

Zeh