O Vasco no Estadual 2017

O Vasco no Estadual 2017

De que um modo geral, pelo menos nos dois últimos anos, a torcida cruzmaltina tem tido uma relação singular com o nosso estadual. Afinal fomos bicampeões em 2015/2016. Mas diferentemente de parte da torcida, esta coluna não considera a competição doméstica como tão relevante. Claro que é agradável ganhar dos mulambos, dos flores. Mas muitas vezes isso ilude a nós torcedores, pois o que vale hoje é Copa Brasil ou o Brasileirão. E estrearemos contra o Fluminense logo mais.

E.por que esta visão meio que desconsiderando a importância da competição ? A verdade é que nosso estadual perdeu o brilho de uns 15 anos para cá. É uma competição que ultimamente vem despertando pouco interesse no torcedor, pois hoje ser campeão estadual significa pouca coisa. Só para termos uma idéia, no último Brasileirão, 4 rebaixados, 3 tinham sido campeões estaduais. E o campeão brasileiro tinha sido eliminado nas quartas de final do paulistão. Então, o estadual pode ser útil para montar o time no Brasileirão. E é assim que o Vasco deveria fazer: um laboratório para preparar o time para o Brasileirão, esta sim uma competição dura e que exigirá bem.

Obviamente, poderíamos dizer da seguinte forma: vamos disputar a sério o Estadual. Se formos tricampeões, melhor ainda. Mas este não deveria ser o foco. O principal é prepararmos nosso time para os desafios ao longo do ano, leia-se Brasileirão e Copa do Brasil. Quanto ao Brasileirão, é importante ressaltar que voltamos à Série A e temos que nos preocupar em não cair novamente e voltarmos a ficar entre os 10 primeiros, possivelmente beliscando uma Sul Americana. Mas temos que ter apetite para vôos mais altos. É importante mirarmos objetivos grandes. Se mirarmos apenas a permanência na Série A, iremos sofrer bastante. É preciso dar tempo ao tempo ao utilizarmos o estadual como laboratório, para começarmos a montar nossa equipe e, ao longo do tempo observarmos possíveis contratações. Ressalvamos que pouca coisa mudou em relação ao elenco de 2016 que sofreu para conseguir o acesso à Série A; até agora tivemos poucas contratações e reforços para o elenco.
.
Portanto, o Cariocão 2017 deve ser usado como preparação para algo maior. Afinal, na série A do Brasileirão serão 38 rodadas, um campeonato duro e desgastante. Claro, menos desgastante do que a Série B, onde se jogava terça, sexta e sábado. Em compensação, o nível da competição é bem mais elevado. Assim, teremos que usar o Estadual para começarmos a esboçar a provável equipe para o restante da temporada. Se ganharmos, melhor ainda. Mas nos lembremos de que estadual não é indicativo de uma boa Série A. Vamos acompanhar. O outrora decantado Campeonato Carioca já perdeu seu charme há tempos. Antigamente, era mais importante sermos campeões cariocas. Hoje não mais.

P,S: e a freguesia segue para os mulambos. Ontem à tarde, em partida emocionante em jogo adiado do primeiro turno, na Arena da Barra por 78 a 77. E de virada, após ficarmos atrás em boa parte do jogo.

E ao contrário de 2016, em que os partidários da atual diretoria refutaram e provocaram com xingamentos, a torcida vascaína e os sócios que são oposição a esse grupo, que cessem isso e respeitem os contrários e torçam pelo Vasco; parem de defender dirigentes. O Vasco é maior do que essa briga fratricida e imbecil na qual quem perde com isso é o nosso amado clube. O ideal para os verdadeiros torcedores do gigante da colina é que essa gente desaparecesse e não voltasse nunca mais ao clube, pois só provocam a discórdia no clube. Tenhamos paciência com esse grupo, é o que nos resta.