O empate com a Ponte e as polêmicas de MM

Em uma péssima partida de futebol, MM montou o Vasco para não perder. E conseguiu. Com apenas um chute a gol em toda a partida, conseguimos um empate em 0 a 0 com a Ponte Preta em Campinas. O Vasco montou uma muralha e a Ponte não a transpôs. Mas o medo de perder tira a vontade de ganhar. E nos contra-ataques, erramos sempre o último passe.

Em relação ao jogo, foi uma autêntica pelada. A Ponte está a 4 pontos do Z4; o Vasco 5. Então, de certa forma se compreende o porquê de um jogo tão ruim e sonolento. A Ponte tentou mais, atacou mais, mas mesmo assim demonstrou uma incompetência em acertar o gol adversário, bolas altas na área. Criatividade zero. No primeiro tempo, o Vasco não teve uma chance de gol; a Ponte teve duas; uma com Sheik, em grande defesa de Martin Silva e outra com o zagueiro Marlon, salva em cima da linha por Henrique.

No segundo tempo, a Ponte veio mais para cima. Mesmo assim, o Vasco seguia bem postado na defesa, marcando bem. Em uma dessas raras estocadas, Mateus Vital fez uma bela jogada, cortando o lateral adversário e chutou rente à trave. E foi só. Aranha não fez uma defesa sequer ao longo dos 90 minutos. E o Vasco só teve um escanteio o jogo todo. E a Ponte seguiu tentando. A grande chance da Ponte foi em uma cobrança de falta de Rodrigo em que Martin Silva fez grande defesa. E foi só. E o Vasco teve êxito em não levar gol, na estratégia montada por MM. Mas também se esqueceu de fazer um…

E por falar em MM, ao final do jogo, foi no meio de campo avisar aos jogadores de que todos deveriam voltar ao vestiário e deu de cara com… Rodrigo. E aí, levou dois gentis empurrões deste. Dois aspectos relativos ao fato: ficou clara a razão do problema Rodrigo/MM. E o segundo, o possível problema de MM com o elenco. MM tem temperamento forte e disciplinador. O caso Nenê também trouxe MM aos holofotes. MM é polêmico. Mas sua filosofia estaria acertada, se o time estivesse em melhor situação. Como o time vem em uma descendente, seu trabalho vem sendo constatemente contestado pela torcida cruzmaltina. Agora caros leitores, antes de qualquer crítica mais contundente a MM, é preciso sermos realistas: não temos um grande elenco; além disso, se tirarmos o MM, quem a gente colocaria no lugar ? As opções são escassas no mercado e a essa altura, uma troca de técnico poderia gerar um problema emocional maior, no ambiente já conturbado no Vasco, devido as eleições e o problema da perda de Sao Janu. É preciso serenidade e sensatez.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *