O detalhe decide

Em um jogo truncado, estudado ao extremo, um detalhe decidiu o jogo hoje a favor do adversário. Foram 3 chances para cada lado e o bom centroavante do alvinegro da ZS, Babi, decidiu. Bota 1 a 0, no primeiro jogo hoje. É preciso levar em conta que o Vasco entrou desfalcado. E isso também pesou.

Ao contrário de domingo, um jogo mais aberto e corrido, o jogo de hoje foi mais contido e estudado. Tanto é que, no primeiro tempo só teve uma chance de gol, a de Cano aos 16 minutos. E em uma jogada de Benitez, que enfiou a bola e Cano partiu de trás e apareceu livre, mas a parede Gatito Fernandez evitou o que seria o primeiro gol da partida. No mais, as defesas prevaleceram sobre os ataques.

O segundo tempo começou mais movimentado. E o Botafogo tomou a iniciativa e logo aos 14 minutos, jogada pela esquerda e Victor Luiz arrematou forte [ara defesa de Fernando Miguel. E aos 21, Marcos Junior chutou de curva e a bola acertou a trave direita de Gatito Fernandez. E aos 28 minutos, o detalhe que decidiu a partida: boa jogada de Honda em contra ataque, que serviu Bruno Nazario, na ponta direita, que cruzou para Matheus Babi que subiu mais do que Pikachu e Miranda e cabeceou forte; e Fernando Miguel, espalmou para dentro, tentando defender….. Após o gol, o jogo caiu no mesmo estudo e somente nos acréscimos com Kalou aos 47 e Gabriel Pec aos 49. Fim do primeiro ato.

Na próxima quarta-feira, o segundo ato. E para isso, a equipe cruzmaltina terá que analisar os erros cometidos nos detalhes de hoje. E ter uma atuação suficiente o bastante, na partida de volta, para obter a classificação para a próxima fase.