A novela acabou: Luís Fabiano chegou

Amigos,

Que início de final de semana Fabuloso!

Então o fim da novela com Happy End anunciado pelo próprio jogador numa rede social de madrugada colocando uma foto da camisa do Vasco e dizendo que estava a caminho do Rio de Janeiro. Digno de trending topics do Twitter. Nessa hora vemos o gigante que somos. Agora chegou a hora do adversário tremer, as defesas adversárias respeitarem, chegou o homem gol.

Sinceramente acabou nosso problema com a camisa nove e vejo um time muito competitivo no papel. Espero que o técnico Cristóvão coloque o time pra funcionar fazendo o simples: escalando seus jogadores nas posições em que jogam e não inventando. Fazendo isso, já é o suficiente para o time jogar e a liga depende apenas da competência técnica dos jogadores.

Dar tempo para o time se entrosar por completo e aguardar as pendências com o Bruno Paulista.

+++++

Empresário afirmou que Vasco conversa com Anderson Martins para o Brasileiro. Como o torcedor não vai sonhar vendo um time que pode nos trazer frutos? Claro que temos que lembrar que é um time de aluguel, em que as peças provavelmente não vão permanecer ano que vem. A sorte é que o Vasco não está pagando pelos jogadores, apenas os salários. Então, se possível, que lute pelas competições e ganhe. O que fica, independente de quem vai ficar ou vai embora, são os troféus guardados e as boas lembranças.

+++++

O Vasco perdeu para o Volta Redonda num lance bisonho da defesa, viu o Cristóvão separar a dupla que infernizava a defesa a adversária ser desmontada ao trocar Kelvin de lado e perdeu um caminhão de gols porque o Thalles não jogou. Literalmente jogamos sem nenhum centroavante. Resultado ruim. Dependemos da vitória contra a Portuguesa pra ir para as semifinais.

+++++

E saiu uma liminar dizendo que os clássicos passarão a ser com torcida única. Eles brigam, se matam e o torcedor de bem que vai ao estádio para apoiar por amor paga por isso, sendo proibido de estar presente.

Incompetência do estado em dar segurança, até porque tem um grupamento especial para policiar em estádios e ginásios (gepe), leis muito brandas pra punir os marginais que voltam a frequentar e espantam os torcedores de verdade e a flapress que faz de tudo para que seu “queridinho” não seja punido.

Um grande exemplo foram os jogos de basquete. Eles brigam entre si e não são punidos. Jogam com torcida única e o Vasco, que não briga, por causa dos vândalos, ficou sem sua torcida nos jogos contra eles. Quer dizer: nem torcida única pode ter mesmo que a torcida que tem comparecido seja tranquila.

O estado disse que vai recorrer por não aceitar. O presidente do Vasco disse que ser for assim não coloca time em campo. O regulamento diz que é sem mando com jogo único. Quem seria favorecido como sempre a jogar com sua torcida? O regulamento ia ser rasgado? E o estatuto do torcedor?

Eu apoio Vasco não jogar caso essa palhaçada vá adiante.

Seria hora dos grandes se unirem para dar um fim a isso e cobrar comprometimento do estado e da federação. Na hora das olimpíadas, um evento grandioso, gabaram-se da organização e da segurança exemplar. Dane-se depois a população.

Eu duvido que os outros grandes clubes vão se mexer. Sabe por quê? Porque esses jogos agora não os afetam. Só vão sentir na pele quando os confrontos contra a mulambada forem com eles.

É uma vergonha o povo carioca ser privado de estar no estádio, ver o duelo das torcidas e o jogador não viver esse espetáculo.

Lugar de bandido é na cadeia. Lugar de torcedor, independente de para qual clube torça, é dentro do estádio, apoiando seu time.

+++++

Nosso basquete ganhou uma e perdeu a outra fora de casa. Sempre resultados muito apertados. Estamos errando novamente arremessos de dois pontos por displicência e voltamos a tentar bolas de três precipitadamente, sem necessidade, ao invés de trabalhar a bola. Afrouxamos muito a marcação e demos a oportunidade dos adversários de arremessar de três o tempo todo, mas isso se deve ao banco que entra e não tem conseguido manter o nível do time titular. Essa rotação é importante para manter a marcação forte. Desperdiçamos muitos lances livres, que podem mudar o resultado do jogo, já que tem sido parelhos, porém melhoramos muito nos rebotes.

O equilíbrio entre time titular e banco precisa voltar, pois está fazendo a diferença. E que diferença faz a ausência do David Jackson. Ele é o ponto de equilíbrio do time. Que se recupere logo e volte à quadra. Hoje, jogo difícil contra o Solar Cearense, fora de casa.

Semana que vem dois jogos e dois ídolos do outro lado, no banco: Bauru com Demétrius e Franca com Helinho. Vê-los na nossa quadra me remete aos áureos tempos de nossa história no basquete, de grandes conquistas. Boa sorte aos dois nessa carreira, claro, menos contra o Vasco.

+++++

Terça é dia de lotar o aeroporto Santos Dumont, do Rio, e fazer a festa para receber o Fabuloso. Mostrar a força da nossa torcida. Agradecer a Ju (como ficou conhecida na torcida Vascaína a “fabulosa” mulher do nosso goleador, pela força que ela deu pra chegada do Luís Fabiano, mantendo a torcida informada e depois a comemoração com o acerto).

#elestremem #começouocao #fabulosochegou

+++++

Sábado, dia da torcida Vascaína lotar São Januário e apoiar o time contra a portuguesa.

+++++

Sempre ao seu lado. Incondicionalmente.

+++++

E você já é sócio do Vasco? Está esperando o quê?

++++++

Toda segunda-feira tem o PROGRAMA FALA VASCAÍNO às 22 horas. NÃO PERCAM!!!!
www.youtube.com/falavascaino
Siga no instagram: @programafalavascaino

Carolina Sousa
E-mail: carolinasousao@globo.com

Imagem: EI