NBB – Estamos aí!

E ontem, depois de uma verdadeira batalha até o fim do terceiro quarto , quando nosso adversário chegou a cortar a diferença para 2 pontos, depois de tantos anos fora da elite do basquete nacional, o Vasco derrotou o Campo Mourão no Paraná por 87 a 77 e conquistou a Liga Ouro, tendo estado em desvantagem inicial de 2 a 0 na série.  Mais uma vez o Vasco encarnou seu velho slogan de time da virada mais do que nunca. Uma virada espetacular que coroou uma reconstrução do basquete cruzmaltino, uma de nossas principais modalidades e que nos deu títulos de expressão como o bicampeonato sul americano e também o bi da Liga Sul Americana que nos credenciou em tempos idos a enfrentar o San Antonio Spurs em um jogo histórico, o primeiro jogo de um time sul americano contra um time da NBA.

Quanto a campanha, pelo fato de ter montado um time modesto, sem  maiores custos, tivemos um início claudicante com duas derrotas; mas que com a contratação de reforços pontuais, como o armador argentino Palacios, foi se recuperando na competição.  Na semifinal enfrentamos o tradicional Ginástico, de BH, clube no qual jogou o ex-pivô Gerson Victalino, um dos melhores pivôs de nossa história recente no basquete.  E passando pelo Ginástico, enfim chegamos na final contra o Campo Mourão.  Inicialmente, depois de duas derrotas no Paraná, a série chegou a nosso caldeirão.  E a torcida fez sua parte lotando o ginásio de SJ e com isso o Vasco venceu as outras duas partidas.  Quanto ao último jogo ontem no Paraná, foi a consolidação de uma vitória épica, difícil, por estarmos a meio milhar de quilômetros de nossa casa.  Campeões da Liga Ouro.

E por fim estamos de volta a elite de nosso basquete após 13 anos.  Voltou o bicampeão brasileiro, o bicampeão sul americano, o heptacampeão carioca.  Parabéns ao jovem elenco do Vasco por mais uma conquista que nos permitiu voltar ao lugar em que sempre estivemos.  Agora é fazermos boas contratações para a próxima temporada da NBB. Por exemplo, aquele time do Winner/Limeira que tinha sido extinto, conversar com eles, comissão técnica deles que é boa.  Enfim.  Por hora é curtirmos o momento.  Os aves pretas bem que tentaram nos barrar, mas não teve jeito.  Estamos aí NBB e os aves pretas que se cuidem, pois chegamos.