Nada como um dia após o outro

Quem diria que hoje o Vasco sairia vitorioso ? Após duas pífias atuações contra Coxa e Braga, o Vasco conseguiu atuar bem hoje e obteve uma importante vitória contra um dos melhores times do campeonato, o Galo, por 3 a 2. No final, teve um sofrimento, mas o importante foram os 3 pontos.

O Vasco fez o melhor primeiro tempo nesse Brasileiro de 2020, melhor até do que contra o Sampa no Morumbi. O Galo dominou, teve mais a bola, mas o Vasco foi letal nas chances que teve. Aos 11 minutos, em um lance discutvel, a bola bateu no braço de Léo Matos e o juiz entendeu que foi pênalti. Hyoran acertou a trave. Era o que o Vasco precisava. E aos 14 minutos, lançamento e Benitez, Guilherme Arana vacila e Léo Matos só raspa de cabeça para Cano finalizar e abrir o marcador. O Galo ficou tonto e desarrumado e aos 39, novamente Guilherme Arana vacila, Léo Matos recebe lançamento primoroso de Benitez e, livre cruza para Pikachu que erra a primeira, mas na segunda acerta. 2 a 0. Nem o mais otimista cruzmaltino esperava 2 a 0 sobre o Galo aos 39 minutos do primeiro tempo. Com isso, finalizado o primeiro tempo.

No segundo tempo, o Galo veio mais para cima e, logo aos 14 minutos, mais um golpe letal cruzmaltino: a jogada começa cm Léo Matos, que passa para Bruno Gomes, que lança Benitez, que toca para Henrique, que devolve para Benitez que lança Cano, de forma precisa, que mata no peito e voleia sem chance para Ëverson. Golaço. Mas o que parecia uma vitória categórica, se transformou em um drama nos momentos finais. Aos 21 minutos, Hyoran chuta sozinho de fora da área e Fernando Miguel novamente pula atrasado. 3 a 1. Aos 26, escanteio cobrado, Gabriel cabeceia para grande defesa de Fernando Miguel. E o Vasco parou no jogo. Menos mal que o segundo gol do Galo aconteceu aos 48 minutos, com Eduardo Sasha, praticamente no fim. Importante foram os 3 pontos. E como foram.

Dependendo dos resultados de amanhã, o Vasco poderá subir para a décima quarta posição. Terça-feira é o jogo atrasado contra o Palmeiras na casa do adversário. Dependendo do que o Palmeiras trouxer a campo na terça-feira, pode até ser que surja outra vitória inesperada. Quem sabe. E aí, com 38 pontos, neste caso, o Vasco precisará de apenas 1 vitória em 6 jogos para se manter na Série A. Não tem jeito, tem que se pensar jogo a jogo.