Meu abre-alas

Caros amigos Vascaínos

Ao som de “The Spirit of Radio – Rush” vamos ao que interessa:

Nesse primeiro post no Panorama Vascaíno, agradeço o convite dos amigos Zeh Catalano, Helio Mendes e Jorge Eduardo pela confiança em fazer parte desse time.

O ano de 2014 para o Vasco promete ser intenso. É um ano eleitoreiro e oportunamente vamos falar bastante de política por aqui. E é bom frisar que política não trata apenas de eleições.

Podemos, sem medo de se cometer qualquer equívoco, colocar a culpa nesses dois rebaixamentos em 5 anos na política mal feita. Na omissão e descaso dos dirigentes vascaínos.

Querem mais um exemplo recente? A excelente (#sqn) distribuidora de material esportivo “Penalti” lançou uma camisa com o nome do clube ERRADO!! O Club de Regatas Vasco da Gama não pode ser chamado de Clube Regatas Vasco da Gama. Isso é inaceitável!

cluberegatas

Agora eu pergunto a vocês, os produtos lançados pela “Penalti” não passam pela revisão de alguém do Clube? Por quantas pessoas esse modelo, essa arte, deve ter passado antes de sair para fabricação? Alguém acha que o fornecedor será multado por expor o Vasco a mais um ridículo?

Esse é o Vasco de hoje e se chegamos nesse estado de calamidade por causa da política mal feita, só retornaremos ao topo através dela. NÃO EXISTE OUTRO CAMINHO. Se alguém enxergar outro caminho, não hesite, proponha o debate que isso pode ser muito produtivo.

***************************************************************************

É curioso que o primeiro jogo do Vasco na TV seja transmitido com a concorrência do jogo do Botafogo na Libertadores, quando os nossos adversários já tiveram:
1ª Rodada – Flamengo x Audax
2ª Rodada – Volta Redonda x Flamengo
3ª Rodada – Nova Iguaçu x Fluminense
4ª Rodada – Fluminense x Resende
5ª Rodada – Flamengo x Macaé
6ª Rodada – Volta Redonda x Vasco (Somente na Bandeirantes)

Será que nós vascaínos estamos sendo subjugados? Nesse processo de formação de novos torcedores, a carência de exposição na TV não prejudica o Clube?

***************************************************************************

Saiu ontem na grande mídia a notícia da reprovação das contas do Conselho Fiscal do Vasco referente a 2012.

O Vascaíno ao ler essa notícia, não tem que ficar puto com a Globo, nem com qualquer órgão de imprensa, não se trata dessa vez de diminuir ou causar um rebuliço quando tudo está quieto.

O Conselho Fiscal do Vasco é um sopro de dignidade que existe hoje no Clube. A Reprovação desse ano, assim como de anos anteriores, tem o único e explicito objetivo de proteger o Vasco. As recomendações do CF estão baseadas nas normas contábeis e a se o Conselho Deliberativo for novamente omisso e mal intencionado ao aprovar essas contas que lesam o Vasco da Gama será lamentável. Mais uma vez quem sangraria nesse caso seria o Almirante.

O que o sócio e o torcedor devem exigir é que os mais de 3 milhões registros sem uma contrapartida, uma nota fiscal sejam explicados. O Conselho Fiscal aponta rubrica a rubrica, indicando a Vice-Presidência responsável.

Ao som de “Just a Song Before I Go – Crosby, Stills & Nash” me despeço.

Somos Vasco!