Mais uma vez – parte 2

vascodagama

Sim, a glória do Cariocão chegou, pessoal!

Mais uma vez, e invicto! O time que conquistou mais Bi-Campeonatos do Carioca sem perder.

É mole, ou quer mais? É para entrar com o pé direito no longo processo de luta para o retorno para a primeira divisão do Brasileiro. É para zoar com os demais times do Rio, pois não há o que contestar sobre arbitragem ou favores da federação e etc quando se ganha um campeonato sem saber o que é perder. Isso é uma luta de seis meses e não é para qualquer um. Ah, e tem a Copa do Brasil, onde podemos repetir a história de 2011 e temos tudo para que isso aconteça.

Ver a festa acontecer no Maracanã é de um sentimento de libertação profundo. Não temos mais de 100.000, infelizmente, mas os 60.000 já foram suficientes para que o grito de campeão ecoasse de forma retumbante. Não há o que desmerecer do Botafogo, que lutou nesta fase final como se não houvesse amanhã, pois vencer por apenas um gol em um jogo e empatar no outro, vindo de ter a vantagem do empate desperdiçada no segundo tempo é somente para os fortes de coração.

Vamos aproveitar e comemorar. Temos esse direito. Mas as maiores lutas virão agora.

Temos que firmar o apoio à dupla Jorginho e Zinho e bater pé para que as propostas de outros times não tirem o foco. Fazer com que os experientes continuem a sua batalha com esse amor à Cruz de Malta, deixando a garotada crescer e fazer o que de melhor puderem oferecer ao time.

É assim que tem que ser, assim que temos que fazer. É hoje o dia da alegria e a tristeza nem pode pensar em chegar.

Mais uma vez.