Mais um tropeço

Tive o dissabor de ver o Vasco perder. Pelo menos só vi parte da tragédia, bastou ver do meio do segundo tempo até o final para ficar indignado!

Depois de mais um tropeço ridículo na Série B, o que me resta dizer? Acendam a luz vermelha imediatamente! Não há desculpas para outra atuação pífia destas, não importa se o time adversário joga direitinho, importa que quem está do outro lado é o VASCO.

O Vasco AINDA é um dos times que vai à maioria dos lugares do Brasil e coloca mais torcida que o time local, pelo menos por enquanto… A continuar esta trajetória o “Gigante” acabará virando apenas uma doce/amarga lembrança na memória…

Conversando com um amigo da bola escutei a seguinte observação: quando a base do mulambo tinha de jogar em São Januário era complicado pois havia o temor da torcida adversária, grande, barulhenta e perto do campo que infundava temor e respeito justamente pelo fato de estar jogando na casa do adversário, no Caldeirão Vascaíno…

Jogamos na arena Pantanal (1931Km, 26h de viagem segundo o Google Maps) e tivemos mais torcida a nosso favor! Uma torcida que não merecia, nem merece ver um vexame destes, perder jogando sem brio, sem disposição, sem valentia, sem determinação!

Carece identificar rapidamente o motivo da apatia generalizada a fim de corrigir o problema para que o time volte a jogar com comprometimento. Nesta hora espero sinceramente que o Rodrigo Caetano consiga mostrar ao elenco o quanto precisam doar-se em campo.

Estamos recebendo alguns reforços, dois oriundos do Ituano, campeão paulista deste ano e um volante do São Paulo com larga ficha médica…

Desejo que todos sejam leões, verdadeiros guerreiros em campo e que caiam como uma luva no nosso time. Que assim seja!!

#Vasco #VascoSempre #AcordaGigante

—– xxx —–

Outra Realidade

Cheguei em casa perto do final do jogo pois estava fora encarando uma rotina de observar outras realidades. Ontem vi meu primeiro jogo da segunda divisão Carioca…

Portuguesa-RJ X Paduano. Um dos times sediado no bairro da Freguesia na Ilha do Governador, na capital e próximo ao aeroporto Internacional e o adversário oriundo de Santo Antônio de Pádua (257km, norte do Estado do Rio)…

Triste realidade? Sim, mas poderia ser bem melhor caso houvesse interesse em fazer um calendário adequado e caso houvesse gestão para torná-los viáveis…

20140426_170750

Ao lado do campo de futebol rolava uma partida de futebol americano, onde o VASCO Patriotas encarava, ou melhor surrava impiedosamente o Juventude Gladiators por 49 a 0. Observando a arquibancada, ouso afirmar que havia um número de torcedores pouco maior no jogo de futebol que no de futebol americano, mas este tinha um time envergando a camisa Vascaína e onde tem VASCO tem torcedor…

Apesar da presença, vejo que nossa torcida está cada vez mais ressentida pelos maus resultados do futebol. Observando este jogo da Portuguesa, me dei conta da essência que perdemos na arquibancada já faz é tempo: o prazer de torcer, de empurrar o time e de nos doarmos ao fazê-lo.

Confesso que fui surpreendido positivamente pelo ambiente familiar e pela abnegada torcida da Portuguesa que fez seu papel, com louvor, incentivando o time o tempo inteiro do jogo.

20140426_153354 editada

Fizeram um papel digno. Eram poucos, talvez uns sete (dá para contar na foto) mas o fizeram com verdade, com doação, com comprometimento. Adaptaram músicas de outros clubes, várias do VASCO, com letras falando da Lusa Carioca, vibraram com os gols e se descabelaram com o empate no final do jogo, lá pelos 50min… Não faltou nem o coro de “juiz ladrão”…

Olhei aquela torcida e pensei comigo, será que faço um convite para eles irem nos nossos jogos para mostrarem como se deve torcer por um time?

Os caras impressionaram cantando músicas de apoio ao time, cantando várias músicas e cantando o tempo inteiro. Como reagiriam nossas grandes torcidas, aquelas do ego inflado, e que se acham mais importantes que o próprio clube caso eles aparecessem e mostrassem este tipo de apoio?? Melhor nem pensar em qual seria o desfecho de tamanha ousadia nas arquibancadas.

Vendo o jogo, lembrei de uns malucos que poucos anos atrás iam aos jogos do VASCO e faziam a mesma coisa, incentivando e cantando sempre. (Guerreiros do Almirante), hoje parece que mudaram o estilo, não sei por qual motivo…

Devaneios meus, senhores. Não, não estou sob efeito de álcool nem drogas mas apenas sonhando acordado. Sonhando com o despertar do Gigante, com o comprometimento da torcida, com a seriedade da administração, com a doação em campo dos jogadores…

Enquanto isto faço minha parte torcendo e alertando para o perigo…

#Vasco #VascoPatriotas #FutebolAmericano #Portuguesa-RJ

—– xxx —–

As coincidências da vida…

Por fim uma notinha totalmente pessoal.

Dizem que no mundo não há coincidências, mas vejam a sequência de fatos que seguem.

Um trabalho do MBA sobre marketing visando a rentabilização do Maracanã fora dos dias de jogo;

O professor que indica que os trabalhos recebidos (22NOV2013) serão encaminhados para o Consórcio que administra o estádio para avaliarem as idéias propostas;

Uma resposta ou avaliação do trabalho que nunca ocorreu;

Uma feira nos moldes propostos acontece no Maracanã no dia 26ABR2014, e o evento casamento (um dos temas propostos) está marcado para acontecer no dia 28ABR2014…

Yo no creo em brujas, pero que las hay, las hay…

Santa coincidência, Batman!!

#Coincidencia #Maracana #ConsorcioMaracana