Idas, vindas e voltas

Qual vascaíno queria mesmo, de verdade, o Léo Moura no Vasco? Uma década de urubulândia, provocações públicas ao Vasco, chacotas, foto de menino agarrado ao Zico. Como jogador, o lateral já não vinha sendo grandes coisas há muito tempo. Os próprios flamenguistas já não o aguentavam. Apenas tinham carinho pelo longo tempo de clube. Soaria como uma senhora provocação do Eurico à Gávea, apenas, e até concordo que o chilique que a torcida do framengo fez nos rendeu boníssimas risadas. Mas duvido que isso nos trouxesse grande retorno e cada lambança que ele fizesse em campo, aumentaria a desconfiança da torcida. Não faria bem ao Vasco, à torcida e ao jogador. Ora, de quem foi a infeliz ideia de iniciar essa negociação? Mas isso serviu para que alguns de nós quebrassem o orgulho e reconhecessem o valor de cada um. Alô nassaum rubro preta, meu muitíssimo obrigada pelas ameaças e xingamentos ao Léo. Vocês enxotaram o cara da Colina. Valeu mesmo! rs

Gracejos à parte, vida que segue. Me expliquem como, em tempos de hoje, onde tudo é feito no mais profundo silêncio, um presidente de clube vem a público anunciar que está “90% certo” um tal projeto para trazer jogador X? Ainda mais esse mesmo jogador X tendo em seu histórico um dos maiores olés do futebol brasileiro em seu – então – time de coração? Na real, eu nem creio que esse projeto vingará (afinal se o dado como certo falhou, avaliem o duvidoso?); até acho que o rapaz somaria muito ao elenco e poderia dar uma alavancada no marketing do clube, mas como não tô botando muita fé, prefiro não vislumbrar nada além de um futuro imperfeito.

Celso Roth? Não preciso falar nada além do que já foi dito pelo Zeh. Concordo total e plenamente, acho uma “sem noçãozice” dos infernos esse cara pisar em São Januário novamente depois do que fez em 2010! Pra mim, o pior episódio dos últimos dias. Mas agora serei obrigada a torcer pelo sucesso do cara, porque – enfim – o sucesso dele é o nosso.

Paulo paixão, Herrera, Andrezinho (que não é o da mocidade! kkk). Somam, amém. Mas mais do que eles, soma também a saída de alguns jogadores. Menos é mais, e tá rolando uma pequena nau rumo a oceanos distantes do nosso. Já foram o Marcinho e o Bernardo, como todo o meu agradecimento; Douglas Silva e agora Yago. Vamos desinchar. Acho que ainda cabem mais saídas! Lamento a saída do Doriva, agradeço a ele pelo bom início de ano do time, mas entendo que não dava mesmo pra manter o trabalho no brasileiro. Ele foi muito consciente na coletiva de ontem e concordo com a postura dele. Aliás, mais que concordo, admiro. Não é qualquer um que enxerga que sua demissão pode fazer bem ao time. Honradez é algo raro. Doriva ganhou ponto, acho que não só comigo, mas com boa parte da torcida, que já vinha pegando no pé dele há tempos.

Eu acredito que essa movimentação toda no vasco dará resultado. Eu quero muito acreditar nisso, na verdade! Temos um clássico complicado domingo. Espero ver o time com vontade e espero que a maré ruim tenha ido embora. Acho que, mesmo que aos trancos e barrancos, a diretoria tá fazendo a parte dela em chacoalhar o elenco. Se mexeu as peças certas ou não, veremos, mas pelo menos mexeu! Vamos agora torcer pra que dê certo, comparecer em massa à Arena Pantanal (Alô torcida matogrossense!!), mandar nosso apoio aos jogadores via internet e rezar para que o azar não seja mais nosso. Ao Vasco, tudo! Eu acredito!

Saudações cruzmaltinas!
/+/