Gol do Juninho…?

Quem me conhece mais de perto ou lê meus textos, sabe que eu não propago muito essa “mania de perseguição” que a maioria dos vascaínos tem em relação às Organizações Globo.

Não creio que haja algo deliberado e o que vemos como injustiça decorre muito mais de uma presença rara de jornalistas vascaínos (na TV, o único que me vem a cabeça é o Lédio Carmona – ok… tem o Edmundo e o Juninho também, mas estes são ex-jogadores e não jornalistas); e também de interesses comerciais que qualquer empresa tem ou teria.

Mas eu não posso me furtar de comentar com vocês o que vi e ouvi hoje. Confesso que foi a primeira vez que vi um jogo do Vasco com comentários do nosso ex-jogador Juninho Pernambucano.

Antes de comentar o que vi e ouvi, quero deixar clara a minha opinião sobre ele. Muitos o consideram um ídolo. Talvez o último que tivemos. Eu não. Para mim foi sim um grande jogador, mas ídolo não. Ídolo deveria fazer mais pelo Vasco do que ele fez. Não só dentro de campo, mas fora também. E minha lembrança mais forte sobre ele (além obviamente do “gol monumental”) é infelizmente que ele, sempre que a coisa ficou feia para o nosso lado, foi procurar outros lugares para jogar. Enfim… É apenas uma opinião pessoal.

Mas hoje eu tive uma baita decepção com seus comentários. Incrível como de sua voz só saiam adjetivos pejorativos em relação ao Vasco! Ok: não temos um timaço como tem o Barcelona, ou até os bons brasileiros Internacional ou Corinthians. Mas dizer que o time do Cuiabá era melhor que o do Vasco, foi demais!

Não ouvi um elogio, uma referência ao título que ganhamos há pouco mais de uma semana. Ao contrário, de suas palavras eu quase acreditei que o “poderoso” Cuiabá poderia vencer o Barcelona!!

Disse várias vezes que era uma injustiça o empate no primeiro tempo, que se tivesse que ter um ganhador, esse deveria ser o Cuiabá… Porra! Se o tal Cuiabá deu um chute ao gol em TODO o primeiro tempo, foi muito!!! Ok, não jogamos nada na primeira etapa, mas dizer que fomos piores foi muito para mim.

Veio o segundo tempo, melhoramos nitidamente e ele não mudava o discurso. Saiu um gol “espírita”, e só faltou ele dizer: “Viram? Eu não disse?”. Para completar, ainda afirmou: “O Cuiabá mereceu a vitória”. Assim mesmo: com o verbo “merecer” no passado!

O narrador se referiu ao tal Cuiabá inúmeras vezes durante a transmissão como o campeão da Copa Verde… O tricampeão mato-grossense… Com todo respeito ao simpático Cuiabá: grande coisa, né? E e relação ao Vasco? Como ele se referiu? Assim mesmo: Vasco. Absolutamente nenhuma referência ao título carioca conquistado a pouco mais de uma semana.

E o nosso ex-jogador chegou a afirmar o absurdo de que no início do estadual, o Vasco era a quarta força. A QUARTA força?!?!?!? Numa consideração muito rasteira, pelo menos melhores que o Botafogo com um plantel todo reconstruído, nós éramos.

Ao comentar sobre as finais do estadual, deixou claríssimo para quem o ouvia que ganhamos, mas não merecíamos…

Eles só não contavam com o petardo do Rodrigo e o empate no fim. Depois do nosso gol, nenhuma palavra…

Custo a acreditar que seja algo pré-definido, alguma orientação editorial da emissora e prefiro crer que ele apenas tenta, infantilmente, desvencilhar a sua imagem do Vasco. Pois, Juninho, saiba que para mim, você conseguiu.

Posted By Kiko Abreu

10 Comments

Diogo

Francisco, você vai me desculpar, mas eu concordo muito com o Juninho. Principalmente no 1º tempo, o time foi ruim demais e se não foi pior que o cuiaba, jogou no mesmo nível. Não creio que ele esteja fazendo isso por maldade, acho que é até uma crítica à instituição Vasco da Gama, q não pode aceComo vc falou que foi a 1 vez que viu ele de comentarista, vc pode ter ficado com essa impressão, mas já vi vários jogos que ele comentou e gosto dele como comentarista. Ele analisa bem o jogo. E tem outra coisa, o cara não pode ser torcedor, ali ele tem que ser imparcial. Vc citou o Carmona, e ele é um bom comentarista, torcedor do Vasco, mas que critica da mesma forma que o Juninho critica.itar ter um time tão ruim quanto esse, e digo mais, aceitar ser dominado por aquele timeco da série C! Lembro ele falando que faltava vontade ao time, que só o Gilberto se esforçava no 1 tempo, é foi bem isso mesmo.

Diogo

ignora esse, saiu errado

Diogo

Francisco, você vai me desculpar, mas eu concordo muito com o Juninho. Principalmente no 1º tempo, o time foi ruim demais e se não foi pior que o cuiaba, jogou no mesmo nível. Não creio que ele esteja fazendo isso por maldade, acho que é até uma crítica à instituição Vasco da Gama, q não pode aceitar ter um time tão ruim quanto esse, e digo mais, aceitar ser dominado por aquele timeco da série C! Lembro ele falando que faltava vontade ao time, que só o Gilberto se esforçava no 1 tempo, é foi bem isso mesmo.
Como vc falou que foi a 1 vez que viu ele de comentarista, vc pode ter ficado com essa impressão, mas já vi vários jogos que ele comentou e gosto dele como comentarista. Ele analisa bem o jogo. E tem outra coisa, o cara não pode ser torcedor, ali ele tem que ser imparcial. Vc citou o Carmona, e ele é um bom comentarista, torcedor do Vasco, mas que critica da mesma forma que o Juninho critica.

Kiko Abreu

Diogo, não há a menor necessidade de se desculpar. Temos apenas opiniões diferentes.

Muito obrigado por comentar o meu texto!

Abs!
Francisco Kiko Abreu.

Diogo

Beleza Francisco. Só para aproveitar, continuo com seus posts por aqui, sempre gosto de lê-los.

Zeh

Eu sou adepto da teoria da conspiração, como você sabe.
E que maravilha que você tenha visto o que eu vejo e reclamo constantemente.

Duvido que tenham falado pro Juninho sentar o pau no Vasco.
Mas acredito piamente que o tenham orientado a não puxar o saco do Vasco.
O efeito prático é o mesmo.
Pau no Vasco.

abraço!

Robson Dias

Bonito texto. Mas continuo com a massa vascaina que entende que a Globo e mídias que comem na sua mão…são anti-vasco.

Quanto ao juninho….concordo que foi um gande jogador.
Agora, ídolo…? Bom, isso rende várias colunas rs…

A lembrança que tenha dele é ele pipocando no mundial contra o Corinthians no maraca….
Uma bola que era para ele chutar e ele passou pro Edmundo. Aquilo nunca vai sair da minha mente. Aquela infeliz decisão.

Quanto a que ele diz na Tv…bom, simples: ele é pau mandado. Contratado pela emissora que não tá nem ai para a Instituição Vasco da Gama. Ele agora reza pela cartinha dos Marinhos.
Em outras palavras, ele aceitou se submeter.

Saudações vascaínas.
Rob Dias.

Léo

É por isso que tenho preferência pelo Edmundo, esse sim foi e sempre será Ídolo, falem o que quiserem.
Juninho nos momentos ruins, botou 20 no viado e meteu o pé, essa que é a vdd.
Abraços.
Sou fã da Page, entro tds os dias.

Marcio Maciel

Sempre gostei muito do Juninho, um dos poucos jogadores realmente profissional que eu já vi. Gosto dos comentários dele, mas sempre que tem outra alternativa eu assisto todos os jogos em outra emissora, globo só em último caso. Sobre o jogo o time foi mal demais, no mínimo displicente. sem sangue, por isso eles apareceram mais que nós. No Rio precisa jogar, só nomes não resolve o jogo. Abraço.

Leonardo S. Bettamio Malafia

Na boa concordo com Juninho sim, o Cuiaba jogou na segunda e foi campeão e na quarta estava jogando contranós, sem falar que tem jogadores no elenco deles que não vive só de futebol e tem que trabalhar em outro emprego pra se justentar sua família, agora pegar jogador que ganha + de R$ 50.000,00 a R$ 200.000,00 e não correr, não marcar, não se apresentar pro jogo tá de sacanagem. Esse jogo era pra ter sido 2×1 eles mesmo sem o gol de sorte deles, por tanto, se o jogo tivesse sido 3×1 cuiaba era o placar justo. Obs.: em 4 dias o Cuiaba ganhou 2 torneios e ainda jogo contra nós.

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *