Feliz 2020….

Esta coluna tem um certo direcionamento irônico. E missão cumprida. Claro que o que ocorreu no final foi grotesco e lamentável. O Vasco tinha um resultado garantido até os 51 minutos do segundo tempo, quando uma lambança protagonizada por Henriquez e Richard fez com que o cruzmaltino perdesse 2 pontos preciosos para o Goiás. Agora, é cumprir as 4 últimas rodadas, com a maior dignidade possível.

Foi um jogo movimentado. No primeiro tempo, o Goiás teve o domínio do primeiro tempo e teve 4 boas chances, contra apenas 2 do Vasco. Logo aos 2 minutos, Barcia cabeceia para boa defesa de Fernando Miguel; aos 12 Rafael Moura solta um petardo e mais outra defesa de Fernando Miguel. Aos 15 minutos, falta da intermediária, Rafael Vaz solta a bomba e mais uma defesa de Fernando Miguel. Aos 26, boa jogada de Rafinha, que corta para o meio e solta uma bomba no travessão. Só que quem não faz, toma. E o Goiás tomou o gol aos 38 minutos, em jogada de Guarin, que recebeu de Cáceres, tocou para Marrony, que devolveu a bola, para Guarin, que chuta; Tadeu defende e a bola volta para Guarin conferir, abrindo o placar. E fim do primeiro tempo.

O segundo tempo se inverteu. O Goiás cai um pouco de produção e aí o Vasco cria algumas chances. Aos 13, Rossi acerta a trave; aos 16, Guarin recebe a bola na grande área, mas chuta e Tadeu faz milagre. Aos 25, jogada confusa na defesa cruzmaltina, sai o gol de empate esmeraldino, mas o juiz anula dando falta de Rafael Moura. Então o Goiás decide pressionar, até que, nos acréscimos, em uma falta cobrada da esquerda, a defesa bate cabeça e Richard rebate para trás, Rafael Moura ganha no alto e Henriquez joga bisonhamente a bola contra o próprio gol. Grotesco este gol. Uma ducha de água fria em SJ.

Com o gol tomado no último lance, o Vasco deixou de ganhar 2 pontos. Ficou com 44 pontos e pode ser ultrapassado por Goiás e Fortaleza na próxima rodada. E perder 2 posições. Próximo jogo será uma pedreira, o Sampa, no Morumbi. A princípio, jogo meio complicado. E com os cartões, a base será colocada à prova. Mas a principal missão, o fantasma do Z4, já era. Agora é tentar o melhor que puder mais à frente para se ter a premiação mais digna possível.