Estreia pouco animadora…

Ficou aquele “gostinho” amargo nessa nossa estreia no Brasileirão 2015…

Continuamos dependendo demais de jogadas de bola parada e nem isso funcionou hoje.

Os jogadores do Vasco saíram de campo reclamando da postura tática do Goiás que veio ao Rio muito mais para se defender que qualquer coisa. Ora… E qual é o problema??

Desculpa esfarrapada para encobrir a tremenda falta de competência para furar a retranca. O defeito que vimos durante todo o campeonato carioca se manteve: a falta de criatividade no meio.

Dagoberto parece continuar fora de forma… Serginho talvez tenha feito a sua pior partida pelo Vasco… O Bernardo entrou mal demais… Marcinho: nenhuma novidade – mal novamente…

Espero sinceramente que isso ainda seja uma certa ressaca do título conquistado na semana passada…

Praticamente não incomodamos o goleiro adversário e o 0 a 0 foi mais que merecido.

—————————————–

Lindíssima a terceira camisa que estreou hoje. Fica muito bonita com os detalhes em dourado. Essa, com certeza, virá para a minha coleção. E a novidade boa é que ainda está sendo vendido o modelo sem os patrocínios. Corram!!

—————————————–

Hoje em São Januário, vi novamente algo que chegou a se tornar uma tradição sempre que o Vasco jogava em casa: a queima de fogos na hora do time entrar em campo. Legal, mas não serviu para empolgar a galera e nem tão pouco para intimidar o adversário…

Aliás, pouco menos de 8 mil presentes… Achei muito pouco depois do que conquistamos na semana passada…

Outra observação pertinente: nossa torcida com pouca vibração… Ficou calada boa parte do tempo… Talvez o termo correto tenha sido dado pela minha filha: “A torcida hoje está “xoxa”…”.

Eu posso estar errado, mas parece-me que falta alguma organizada com o poder de mobilização que tinha a Força Jovem. Pena que essa, infestada de marginais, está afastada dos estádios…

Nosso “Caldeirão” fica frio… Calado… Xoxo…