E o VAR levou….

O VAR chegou pelos campeonatos por aqui, com a expectativa de se reduzir os erros tendenciosos. Porém por aqui, ele entrou também nas interpretações. E uma delas tirou um gol legal do Vasco no início do segundo tempo e levou o time a tomar a virada e perder por 2 a 1.

A partida de hoje teve dois tempos distintos. No primeiro tempo, o Vasco dominou inteiramente. No segundo tempo, o Grêmio atacou mais. Com o gol anulado, o time se desconcentrou e o Grêmio aproveitou o momento e virou o jogo. No primeiro tempo, o Vasco foi muito bem. Defensivamente, sofreu pouco e teve 4 chances. Logo aos 14 minutos, em escanteio cobrado por Barcellos, em uma disputa na área, David Braz segura Henriquez pela camisa. Pênalti. Yago Pikachu cobra, sem chance para Paulo Vítor e abre o placar. Após o gol, o Grêmio veio para cima e o Vasco se defendendo bem e golpeando bem nos contra-ataques e em dois deles, quase chegamos ao segundo gol, no final do primeiro tempo. Ao 45, Rossi dá o passe para Raul e Paulo Vítor defende para escanteio. E na cobrança, Henriquez cabeceia e novamente Paulo Vítor faz boa defesa.

O segundo tempo começa com o lance que definiu a partida: aos 20 segundos, em uma disputa por espaço, Rossi ganha o lance, conduz a bola, toca para Richard, este devolve para Rossi, que toca para Pikachu que invade a área gremista, dribla um contrário e faz um belo gol. Só que o VAR aponta a suposta irregularidade de Rossi e, quando o juiz verifica o vídeo e… anula o gol. Totalmente descabida essa atitude. Com isso, o time se desconcentra e o Grêmio e aproveita e parte para cima. E acaba virando o jogo com Pepê. Uma aos 17, em que a defesa cochila e ele entra entre Ricardo Graça e Danilo Barcelos. Henriquez ainda tenta travar, mas não consegue. E aos 40 minutos, em cobrança de escanteio, em que ele sobe entre Henriquez e Pikachu, de cabeça. E perdemos o jogo. Depois dessa anulação, o Vasco se abalou um pouco e permitiu que o Grêmio dominasse e vencesse no final.

Com a derrota, o Vasco corre o risco de voltar ao Z4, caso Chape e Fluminense empatem seus jogos. Faz parte. A nossa briga ainda é para escapar das últimas posições. Mas o time hoje jogou bem e não merecia perder. O VAR levou…