E o campeonato carioca de 2015 será igual ao desse ano! Que beleza. Só que não!

maracanã vazio

 

Caros Amigos Vascaínos

Ao Som de Life on Mars – David Bowie, vamos ao que interessa.

Ano que vem o Estadual será mais do mesmo!

Recentemente saiu a notícia de que o Estadual de 2015, por obrigação do Estatuto do Torcedor, deverá ter o mesmo regulamento do que o de 2014. Somente em 2016 um novo formato poderá ser discutido.

Então, teremos grande chance de ver no ano que vem novamente semifinais com públicos ridículos. A prova irrefutável de que o futebol carioca está nas mãos de pessoas despreparadas, que não entendem a cabeça do torcedor carioca, foi esse sistema esdruxulo de semifinais em ida e volta.

Sou a favor, no estadual, de que as disputas sejam realizadas em um jogo apenas, decisivo. Fica mais interessante. Não tem o coito interrompido do primeiro jogo, e até com os times chamados pequenos um tropeço é fatal. Então o jogo é mais interessante nos seus 90 minutos.

O modelo de disputa ida e volta faz sentido quando o mando de campo é fator relevante, quando o seu time disputa com um de outro estado. O que vimos, no caso do Vasco x Fluminense foi um maior desinteresse do público no primeiro jogo já que ele não era decisivo. No segundo jogo, que pediria casa cheia pelos torcedores, não se realizou, mas um monte de fatores interferem no sucesso da competição, ingressos caros, jogos televisionados, fim de mês, desinteresse mesmo pelo campeonato etc.

Eu fico triste com o empobrecimento dos estaduais. A tradição do Futebol brasileiro está ali. O Campeonato Brasileiro como a gente conhece, tem 43 anos, é relativamente recente. Os estaduais são centenários já.

Bom Senso FC tem uma proposta. Vamos discuti-la?

A Proposta apresentada pelo Bom Senso FC me agradou, estadual em forma de copa, somente com jogos decisivos que seria realizado no meio do ano. Uma nova série “E” deveria ser criada com 452 clubes onde cada um deveria disputar pelo menos 30 partidas no ano.

http://globoesporte.globo.com/futebol/noticia/2014/03/bom-senso-quer-estaduais-como-copas-e-sugere-criacao-da-serie-e.html

Alguma coisa precisa ser feita, eu não tenho a resposta para esse problema, nem sei se essa proposta do Bom Senso dará certo. É um debate complexo, porém fundamental e interessante. Os estaduais não deveriam ser a única oportunidade de vitrine dos times pequenos. A informação de que 583 clubes ficam inativos por mais de seis meses é terrível.

Os grandes clubes tem que sustentar duas federações. Se não me engano, não existem federações regionais em outros países. Isso deve ser uma particularidade tupiniquim. Será que os clubes viveriam melhor sem menos uma entidade? Será que faria falta?

Os leitores que tiverem suas ideias, percepções, experiências diferentes, por favor, não hesitem em comentar.

Ao Som de La Villa Strangiato – Rush, me despeço

Horacio