É mais fácil a cobra fumar que o Vasco se unir?

Passada a revolta pelo gol não validado contra o maior rival, eis que meu pares de blog voltam-se para o que efetivamente pode mudar o rumo do clube, no caso a política e a eleição de algum candidato com capacidade de liderar pessoas e gerir o clube.

Inevitável não tocar no assunto ELEIÇÃO que volta a baila com toda a força após nova garfada histórica e que faz os ânimos da torcida ferverem de revolta com a tal falta de representatividade do VASCO hoje na Federação (FFERJ).

Não dá para negar que as coisas somente mudaram (um pouco) em relação à punição ao assistente após a grita da torcida na Internet e ao eco dado pela imprensa em geral, sem contar as ameaças feitas por alguns torcedores mais radicais ao “competente auxiliar de linha de fundo”, fato este reprovável jurídica e eticamente.

Pois bem, é aí que alguns candidatos aproveitadores se escoram para angariar votos e tentar ludibriar a torcida maltratada e desiludida do VASCO, e vêm com bravatas apenas mas sem idéias ou propostas concretas, só mais do mesmo, o discurso do pé na porta, do confronto etc.

Não é fácil encontrar algum Vascaíno com todos os predicados numa pessoa só para ser Presidente do clube, isto não chega a ser nenhuma tragédia ou desvantagem absoluta, é apenas a constatação de que para tirarmos o clube desta situação tão complexa somente com a união de múltiplos talentos é que alcançaremos o resultado esperado.

Meus amigos Jorge Eduardo e Zeh Catalano expuseram muito bem os ângulos da questão nos textos abaixo e seria enfadonho ficar repetindo tudo o que já expuseram tão bem anteriormente. Portanto convido os senhores à leitura dos textos deles.

“É mais fácil uma cobra fumar cachimbo do que o Brasil entrar na guerra.”senta a pua

Frase de autor desconhecido, provavelmente um repórter carioca, que inspirou a criação da FEB que atuou na 2a. Guerra Mundial.

Será que é mais fácil uma cobra fumar cachimbo que a oposição se organizar e lutar pelo clube?

Nesta hora socorro-me da história para exemplificar o que falta ao VASCO nesta hora, falta UNIÃO! Sim, união da oposição para que não permitam que falsos interessados no bem do clube perpetuem-se no poder ou tentem voltar a Presidência do CRVG.

O tempo está se esgotando e já passou muito da hora da oposição ter cara e nomes para enterrar de vez a tentativa de tomada do poder do clube por certos “benfeitores”…

Desejo ardentemente que a oposição se acerte e se junte para levar o Vasco de volta ao lugar de destaque que merece e que não entre no clube apenas para se locupletar ou buscar glórias pessoais.

#QueroMeuVascoDeVolta

#VASCO

#VascoSempre

—– xxx —–

Desunião no movimento Bom Senso, e a lição que temos de aprender.

Depois da invasão do CT do corinthians algumas coisas ficaram patentes e vários ensinamentos podem ser retirados do episódio. No final deixei dois links que falam não apenas do episódio em si mas das consequências nefastas da falta de união e representatividade dos jogadores…

Há vários ângulos a serem observados, vou ressaltar apenas alguns: permissividade da Administração do clube com a torcida e falta de profissionalismo no trato com os jogadores. Do outro lado temos jogadores desunidos e individualistas que apenas olham para o próprio umbigo sem se importar com o que está acontecendo a sua volta. Desta forma, o que poderia ter sido o grande marco no posicionamento dos jogadores frente os clubes, federações e a poderosa globo acabou sendo o mais retumbante fiasco e os fez retroceder novamente à era da sscravidão.

O fato dos jogadores terem agido como indivíduos e não como grupo determinou o fracasso do que poderia ter sido o início de uma nova era no relacionamento entre os atores envolvidos no espetáculo e negócio chamado Futebol.

A oposição do VASCO precisa entender o que houve e tirar a lição para si própria para que não sucumba nas eleições por falta de união e entendimento.

O assunto é extenso e merece um texto mais aprofundado quem sabe mais adiante…

—– xxx —–

LINKS

Bom Senso FC

O Bom Senso travado

Sem Senso