E agora, o império do mal

Temos um time. Aguerrido, com vontade, raçudo, sem brincar em campo. Vencemos um jogo contra o Fluminense em que tivemos o controle de praticamente todo o jogo. Everton Costa e Diego Renan foram muito bem, dando trabalho em ambas laterais para a defesa do Fluminense.

A vitória veio num momento chave – na última bola do 1o tempo, num lance que parecia morto, pois a bola era toda de Gum. Gum ficou parado, esperando a bola chegar, e o bonde da história lhe ultrapassou. A bola foi devolvida por Rodrigo, por trás do defensor, para Edmilson, sempre atento e bem colocado, cabecear sozinho pra rede.

No segundo tempo, ao invés de melhorar, o Fluminense piorou. Guiñazu ficou o tempo inteiro em Conca. Renato Gaúcho foi muito mal. No intervalo, fez a previsível substituição de Diguinho por Wagner, que pouco fez. Logo depois, cometeu seu erro fatal: sacou o sempre perigoso e enjoado Walter, responsável pelo lance mais perigoso do Flu no jogo, pra colocar Rafael Sóbis. Dez minutos depois, tirou Rafinha para colocar Biro Biro.

Na prática, gastou duas substituições e dez minutos para trocar Walter pelo ciscador Biro Biro. Destruiu o time.

*****

Impressionante como Fred faz sucessivas faltas e como tenta apitar o jogo inteiro. Hoje chegou ao ponto de ficar contando os segundos que Martin Silva segurava a bola. Se todos os jogadores de ataque se comportassem como Fred, não veríamos mais futebol, mas algo parecido com um judô misturado ao vale tudo. Isso não é futebol. Fred é um cracaço, mas tem de jogar futebol, não ganhar dos outros no grito ou na porrada. Por que falar de Fred? Porque temo esse comportamento dele na Copa…

*****

“xii, já podemos gritar: “É campeão”? #numguento #vicedenovo”

Amiga flamenguista logo após o gol do Vasco. Vamos ganhar ou seremos vice de novo? Não sei. Mas não podemos temer de jeito nenhum esse time horroroso do Flamengo, e muito menos nos deixar ter alguma espécie de temor por ser o Flamengo. O time está no caminho certo. Faltam duas partidas. É ter calma que dessa vez a coisa vai.

*****

Agora, passada a felicidade, é hora de cobrar: Quem é o responsável por levar o Vasco pra jogar não na 4a, mas na 5a feira à noite em Manaus? Duas semanas atrás, o Vasco descansava antes da última (e inútil) rodada do turno do carioca, pra se ferrar agora, antes da final. Isso com certeza vai nos atrapalhar e muito. Espero que essa pergunta seja respondida. O prejuízo do Vasco é tremendo.

abraços

Zeh