Copa do Brasil: a vitória na batalha do Arruda

Nosso escrete cruzmaltino por vezes é surpreendente; quando menos se espera, o Vasco resolve voltar a jogar futebol. E foi o que aconteceu quarta-feira na Copa do Brasil. Sem dúvida uma vitória maiúscula por 3 a 2 e que levou nossa nau às oitavas de final da competição.

O jogo foi bem movimentado e elétrico o tempo todo. Mas a verdade é que o Vasco foi o time que mais jogou , lutou, embora no início, o Santa Cruz tenha jogado fechado e dominando a maior parte do tempo dando poucos espaços ao time cruzmaltino. No entanto, a partir dos 25 minutos , a situação começou a pender mais para o nosso lado e o Vasco pouco a pouco foi tomando conta da situação. Alguns arremates para fora do gol inicialmente, mas no primeiro chute a gol, bela defesa de Tiago Cardoso, destaque dos corais no primeiro jogo. Por volta dos 30, 35 minutos, falta cometida pela equipe coral na entrada da área, quase pênalti. Chutaço rasteiro de Rodrigo, defesa de Tiago Cardoso. Só que em uma furada feia de Jomar, a bola sobrou para Bruno Moraes, mas Rodrigo trava o chute na hora certa. Em outra cobrança de falta da esquerda, Andrezinho levanta na grande área e o atacante Bruno Moraes quase faz contra. E assim termina a primeira etapa.

No segundo tempo, o Santa Cruz começou assustando, mas logo o Vasco toma o controle do jogo. Primeiro, lançamento para Madson na corrida que toca na saída de Tiago Cardoso e a bola sai mansamente pela linha de fundo, raspando a trave direita. Mas o primeiro gol não demora a sair. Jogada começa com Andrezinho que lança o lateral Julio César na esquerda; este controla a bola e na linha de fundo devolve a bola a Andrezinho em boas condições. Então Andrezinho dá o seu toque de categoria e faz um golaço. Vasco 1 a 0. Pouco tempo depois, o menino Evander, mais uma vez jogando boa partida faz um passe açucarado para Pikachu que olha o goleiro e…toca para o fundo do gol, Bola que ainda bate no zagueiro coral: 2 a 0 Vasco. Mas o Vasco relaxa um pouco na defesa e permite ao Santa Cruz criar oportunidades de gol. E numa delas , saiu o gol de Keno, Falha de nosso bravo Madson. Mas o Vasco define o jogo no final, quando Andrezinho faz lançamento primoroso para Jorge Henrique que driblou o atabalhoado Tiago Cardoso. Para dar números quase finais, Artur descontou para os corais Final Vasco 3 x 2 Santa Cruz. O Vasco voltou a ser Vasco, mas duas bobeadas primárias de Madson quase levaram tudo a perder. E ele falhou dos dois gols que o Santa marcou.

Amigos vascaínos, agora que a nau passou, tal barrarmos o Madson ? Não vem jogando nada e deu os gols de graças ao escrete coral. Mas no geral, o Vasco jogou uma boa partida, apesar de falhas gritantes como a de Jomar no primeiro tempo. Estamos aí Copa do Brasil, mais uma vez.