Boa sorte, Milton Mendes

Amigos,

Uma semana de mudanças completas no nosso amado clube. Saída de um treinador que desde a sua chegada foi rejeitado por nossa torcida e a vinda de um estudioso do futebol, ex-atleta do Vasco.

Muitos nunca ouviram falar do Milton Mendes. Campeão carioca de 1987 da mesma época de Romário e Mazinho. Já conhecia o atual presidente e as pessoas do clube. Conhece nossa torcida e a pressão que ela exerce.

Chegou dando seu cartão de visita: disciplina, comprometimento e muito trabalho. Logo deixou avisado que jogador que não trabalha e faz corpo mole não tem vez com ele.

Colocou treinamento em dois tempos, muitos toques rápidos, jogadas ensaiadas e chutes para o gol. Quis o time mais veloz e com mais posse de bola, aproximando os setores do campo.

Vimos um time que até no campo, antes do jogo, aquecendo com bola, mostrou algumas mudanças fundamentais: time mais ligado, tocando mais a bola e chegando mais facilmente. Antes, nossos atacantes voltavam muito para buscar a bola. Agora eles recebem com chances de gol. Vimos cruzamentos e o Yago Pikachu se encontrando lá na frente, fazendo um ala.
Na verdade, o time já estava um pouco melhor condicionado perto de todo trabalho do Cristóvão.
Só de ver os treinos,vimos a diferença entre um aprendiz e um técnico estudioso de verdade.

Terá muito trabalho para esse time engrenar e estar jogando compactado e saindo para o jogo, fora ainda a recuperação de todos que estão no departamento médico.

De fato foi uma vitória magra, mas que nos encheu de esperança porque agora, de fato, temos um técnico.

+++++

Algumas coisas me chamaram atenção da sua chegada: seu estilo de terno, elevando a classe dos técnicos como profissional gabaritado e de um bom nível. Anotando todos os nomes de quem fazia perguntas na coletiva, mostrando interesse em saber com quem se relacionaria dali pra frente e sua educação. Teve paciência e muita tranquilidade para responder a todos e não deixou de mostrar a sua personalidade.

A mim contrastou com tudo que vemos no futebol atual brasileiro, onde nas entrevistas não existe quase educação e paciência atendendo a imprensa.

Espero que seja uma nova era de muito profissionalismo no futebol. Não que não tivesse profissionais comprometidos, mas a frente do time era necessária uma mudança radical.

+++++

Domingo, um clássico em Brasília. Com todo respeito que tenho pela torcida de fora, acho que jogos do campeonato carioca deveriam ser realizados no Rio de Janeiro. Para jogar fora, já  tem a Copa do Brasil e o campeonato Brasileiro. Mesmo assim, espero que a torcida Vascaína compareça e incentive. Vamos em busca da vitória!
+++++

Devido ao jogo de quarta a noite ser em São Januário, o jogo de basquete passou para de manhã, o que parece ter feito muito bem ao time do Vasco. Com torcida menor, devido ao horário e uma invasão de crianças de uma escola, o time começou agressivo, pegando rebotes e apertando a marcação. Resultado, fomos para o intervalo com a diferença de vinte pontos. Marcio, Nezinho e Murilo começaram muito bem e fizeram a diferença em quadra. Fora David Jackson que é diferenciado. Final de jogo contra a Liga Sorocabana e Vasco venceu e convenceu, mesmo relaxando um pouco no final com o resultado já feito. Destaque para Ricardinho, que voltou ao time e jogou um quarto inteiro.

O engraçado de tudo foi depois a invasão das crianças. David Jackson viveu um dia de jogador de futebol quando entra em campo: crianças andando de mãos dadas com ele, que mal podia se deslocar.

Ontem, outro jogo contra o Paulistano, uma derrota onde nada funcionou. Não tivemos aproveitamento nos rebotes, perdemos cestas de três absurdamente e voltamos a deixar o adversário arremessar livremente dos três. Nossa marcação muito falha. Voltamos a desperdiçar jogadas arremessando precipitadamente, fora o azar, nossas bolas rodavam no aro e não entravam. Aquele dia em que nada dava certo. Por incrível que pareça, quando já estava definida praticamente a derrota, com a entrada do Marcellus e Ricardinho, o time melhorou.

Impressionante essa instabilidade em manter um jogo equilibrado de confronto pra confronto. Um jogo joga bem, no outro faz péssima partida. Não dá pra compreender esses apagões que acometem esse time.

Precisamos ganhar do Pinheiros fora na última rodada, semana que vem. E entrar melhor nos playoffs.

A baixa do jogo foi o Marcio sair machucado. Espero logo boa recuperação porque tinha entrado muito bem e começado a incendiar o jogo.

+++++

Que o carioca sirva de preparação para o novo treinador arrumar o time e que ele já possa colher os frutos ainda no carioca, nos levando à semifinal.

+++++

Sempre ao seu lado. Incondicionalmente.

+++++

E você já é sócio do Vasco? Está esperando o quê?

++++++

Toda segunda-feira tem o PROGRAMA FALA VASCAÍNO às 22 horas. NÃO PERCAM!!!!
www.youtube.com/falavascaino

Siga no instagram: @programafalavascaino