Author: administrador

Conseguiu-se a proeza de ter uma nova gestão mergulhada em crise já antes de sua posse, com vascaínos de quatro costados jogando a toalha e abandonando a nau. 

Não se enganem, o Vasco não importa para muitos daqueles que ali estão. O que importa são os milhões de reais que circulam sem controle pelas contas-correntes de São Januário e dos homens que circulam livremente naqueles corredores.

Resumo de ontem: pra mim, é inaceitável que um time do Vasco – qualquer time do Vasco – seja suplantado por um adversário no sangue, na vontade. Isso não pode acontecer. 

Engana-se aquele que acha que uma revisão por vídeo vai resolver calhordices como essa. Muito pelo contrário, vejo ai um enorme perigo para a lisura do futebol. Quem pilotará o vídeo será um cidadão com as mesmas deficiências visuais do quarto árbitro que estava a cinco passos de distância do lance.