Ao torcedor que vai para vaiar os meninos da base: paciência!

Amigos,

Vamos entrar na segunda fase do campeonato carioca, onde os oito melhores colocados se enfrentam e os quatro melhores colocados se classificam para as semifinais.

Um campeonato inchado, caro, muito confuso e que, por isso, tem público pequeno em seus jogos.

Semana passada, publiquei o regulamento, onde dizia que os melhores classificados de cada grupo, (Vasco e Botafogo), pela regra, teriam maior quantidade de mandos de campo.

Realmente, teremos quatro mandos de campo, porém apenas um num clássico. E o pior: teremos justamente contra o Botafogo, que teve a melhor classificação geral (que seria o time que deveria ter o mando contra todos).

Os tricolores, que ficaram em terceiro no grupo, terão mando contra os dois líderes. Isso realmente é um absurdo. Foram beneficiados.

De quem adianta ser líder pra ser mandante contra time pequeno apenas?

Outra polêmica é onde jogar os clássicos.

Ridiculamente, você tirar o campeonato carioca do Rio de Janeiro é reconhecer que o próprio foi um fracasso.

Não sabiam que o Maracanã e o Engenhão estariam fechados?

Quando fizeram a tabela, não criaram possibilidades de confronto em clássicos e, por isso, já não deveriam ter soluções para esse problema?

Realmente, tudo que começa bagunçado tende a ter o final pior ainda.

O Estádio da cidadania, em Volta Redonda, quando passou por obras, foi tido como a solução para tais problemas e, inclusive, já realizou alguns clássicos. Agora não serve? Até a tabela saiu como local de jogo lá, porém como só existe interesse financeiro e não estão nem aí pros torcedores e jogadores, agora Flamengo x Vasco provavelmente será em Brasília.

O campeonato em si não serve para nada, por causa do seu baixo nível técnico, mas qualquer campeonato que se dispute, e valha troféu, precisamos brigar para conquistá-lo.

Outro aspecto importante a destacar é o preço dos ingressos dos jogos.

Como pode, na série A, em que, teoricamente, o nível é mais forte que o carioca, uma arquibancada custar R$ 40,00 e no carioca custar R$ 50,00?

É uma falta de respeito com o torcedor que quer acompanhar o time, e não pode. Imagine a social do Vasco custar R$ 80,00 e para o sócio custar R$ 40,00, além da mensalidade?

Isso tudo porque alegaram que os valores serão elevados para incentivar a associação ao Vasco. Para quanto não irá?

+++++

Estou adorando esta interatividade dos atletas Vascaínos. Muito importante essa aproximação dos jogadores com os torcedores, e poder acompanhar de perto sua rotina.

Claro que o atleta tem de ter a responsabilidade de saber se expor. Isso faz com que o torcedor se sinta presente no dia-a-dia e afasta até a cornetagem um pouco. Muitas críticas são feitas da boca pra fora apenas pelo fato de falar, sem conhecimento da causa.

E por falar em críticas, gostaria de destacar a humildade do menino Matheus Vital (Pet).
Não o conheço de perto, não tenho nenhum tipo de convivência com ele, mas quem me conhece sabe como gosto de prestigiar a base, incentivar e, sempre que posso, ir aos jogos deles.

Essa semana ele, através de um gesto, expôs seu caráter, sua humildade e sua sensibilidade – coisa rara nos dias de hoje. O jogador do time adversário teve sua chuteira arrebentada e ele deu um par para o menino. Simples e singelo.

Esse fato ainda expôs seu drama pessoal. Eu não sabia que ele tinha presenciado a perda da mãe num assalto quando era mais novo e que o futebol foi o meio encontrado para reencontrar uma motivação para superar a dor.

Então você, torcedor que vaia, sem paciência, que quer logo que o menino que sobe faça jogadas mirabolantes e seja craque logo no primeiro lance: tenha paciência!

Ninguém sabe o que esses meninos passaram para ter apenas a oportunidade e a chance de vencer.

++++++

Domingo: Vasco x Bangu em São Januário.

Jogo caro, provavelmente o jogo da televisão, infelizmente sem perspectiva de casa cheia. Esse é o retrato do descaso com o campeonato carioca. Uma vez charmoso, de grandes clássicos, e hoje abandonado por interesses.

Por que não os pequenos disputarem uma seletiva (entendo a importância de eles jogarem para sobrevivência dos mesmos e revelação de atletas) e os quatro melhores colocados se juntarem aos quatros grandes para a disputa da segunda fase do campeonato carioca?

Enquanto essa seletiva fosse disputada, os grandes disputariam Rio-SP ou uma liga entre grandes com grande visibilidade, o que seria bom no aspecto financeiro e melhor preparação para o brasileiro.

Sendo assim poderia se adequar a tabela, sem muitos jogos desinteressantes, e acima de tudo, não inchar o campeonato com tantas datas.

Torcedor satisfeito com jogos melhores, clubes satisfeitos com melhor retorno financeiro e campeonatos mantidos.

++++++

Domingo, todos os caminhos levam a São Januário. Agora é pra valer.

Temos um time unido, ajustado e bem comandado pelo técnico Jorginho. Provavelmente ainda sem Riascos, se recuperando da lesão, mas com o Thalles, que tem arrebentado quando entra e merecido todas as chances.

+++++

Sempre ao seu lado. Incondicionalmente.

+++++

E você já é Sócio do Vasco? Está esperando o quê?

+++++

Toda segunda-feira tem o programa FALA VASCAÍNO às 22 horas. Não percam!!!!
www.youtube.com/falavascaino

Carolina Sousa
E-mail: carolinasousao@globo.com