A vitória para o recomeço ?

O título é uma interrogação. Ontem, foi uma noite vitoriosa, mas sofrida. E era de se esperar, tendo em vista que foi uma vitória maiúscula. Afinal o adversário era o ótimo time do Internacional. Foi uma grande e importante vitória para dar moral a um time e clube combalidos por tantos problemas intra e extra campo.

O jogo teve dois tempos distintos: o primeiro dominado inteiramente pelo Vasco e o segundo pelo Internacional de Porto Alegre. No primeiro tempo tivemos 5 chances de gol e convertemos duas. O Vasco marcou o adversário em cima, sem dar maiores chances ao colorado gaúcho. E com isso, o Vasco empilhou chances: aos 10 com Rossi e defesa de Lomba. Aos 24, outra pedrada de Rossi, de longe, e outra defesa de Marcelo Lomba. Aos 30, cruzamento de Rossi e a bola passe rente à trave esquerda. O Internacional teve apenas uma aos 15, com Sobis. E com a pressão, enfim o Vasco abre o placar aos 44 minutos: Rossi dribla Uendel, cruza, Emerson Santos rebate mal e a bola sobra para Andrey emendar de esquerda, fora do alcance de Lomba. E aos 46, Danilo Barcelos cobra falta e acerta o travessão; na volta Tiago Reis dá bela cabeçada fora do alcance de Marcelo Lomba. Sair com 2 a 0 no placar e sobre o bom time do Internacional era um resultado sensacional.

Já no segundo tempo, com a intensidade do jogo no primeiro, o Vasco volta cansado. E com isso cedeu campo ao time gaúcho. E logo aos 10 minutos, cruzamento de Nico López, a defesa rebate mal e Emerson Santos se recupera da falha no primeiro gol e bate no canto, sem chance para Fernando Miguel. Após o gol, o Internacional dominou inteiramente e o Vasco suportou bem a pressão. Mas o time gaúcho teve um gol bem anulado de Jonathan Alvez, em um chute de Nonato aos 24, em bela defesa de Fernando Miguel e aos 15 minutos, em cruzamento que Fernando Miguel não consegue alcançar e Emerson Santos perde debaixo do gol. Ou seja, mesmo com o domínio, o colorado levou perigo, mas depois de um certo tempo, a defesa cruzmaltina conseguiu sustentar o placar e a consequente vitória, fundamental para o primeiro passo para sair do Z4.

Quinta-feira, o jogo é contra o Ceará. Tecnicamente inferior ao Internacional. Mas cada jogo é uma estória. É preciso manter a pegada como foi ontem. E tendo em vista que o adversário deverá marcar mais que o Internacional. Mas essa importante vitória pode significar o início do recomeço, fundamental para sair do Z4 e tentar melhorar o desempenho no Brasileiro 2019, buscando melhores ares.