A espera de um milagre.

Na terça-feira, ao fim do hangout “Fala Vascaíno”, ouvi o excelente Ygor Abib apostar numa vitória do Vasco contra o Santos no jogo de ontem. Foi a única exceção de todos com quem eu conversei ou li nas redes sociais por aí que apostava no Vasco.

Eu mesmo, que me considero um otimista que beira o ridículo, apostei no meu bolão numa derrota por 2 a zero.

Salvo a rara e honrosa exceção do Ygor, infelizmente nem mesmo o torcedor vascaíno acredita mais.

E a situação está difícil mesmo. Atualmente só um milagre… Só algo ou algum fato muito improvável para nos salvar.

O jogo de ontem foi riquíssimo em razões para pensarmos assim. No primeiro tempo, o Santos perdeu pelo menos umas 4 oportunidades claras de gol, enquanto que o Vasco deu um único chute a gol com o Riascos.

Celso Roth continua perdido, sem coerência, escalando errado e substituindo pior ainda. Dagoberto foi um dos menos piores em campo contra o Joinville e contra o Santos… Nem sequer entrar em campo ele entrou. Julio dos Santos era mais um volante. Marcava mal e não armava nada, deixando todo o trabalho para o Jonh Clay que era facilmente marcado.

A zaga e o sistema defensivo batia cabeça e não fosse o nosso goleiro, terminar o primeiro tempo sendo goleado não seria nenhum absurdo.

A sensação que eu tinha era que o gol do Santos era apenas uma questão de tempo. Veio o segundo tempo e exatamente como aconteceu contra o Corinthians, um gol logo no início do segundo tempo e nosso já mal armado time vira um bando em campo.

O Santos, que também não é lá essa maravilha, passa a esperar o Vasco e nem assim criamos algo de útil. Celso Roth nos dá o golpe final e põe em campo Herrera. Acho que nessa hora, até o Ygor Abib “jogou a toalha”…

Mais uma derrota. Novamente na lanterna. E a esperança de pelo menos não cair se esvai…

—-

Como costumo fazer após os jogos do Vasco, dou uma passada nas redes sociais para dar uma olhada no que os vascaínos estão escrevendo.

Incrível como as derrotas ou as situações péssimas nublam a vista de alguns. Cheguei a ler que já caímos… para a série C em 2017!!!! Meu Deus!!

Coisas como: o Vasco virou um time pequeno… Amanhã cancelo o meu título… Bem que o câncer poderia matar o Eurico… Uma miríade de declarações que são dadas quando o sangue está quente e quando não se percebe a besteira que se está falando.

Numa boa: se a iminente queda para a série B se confirmar, você deixará de ser vascaíno? Vou partir do pressuposto que para 99% dos que me leem por aqui a resposta é não.

Ok. Você não deixará de ser vascaíno porque sua paixão é maior que sua razão, por questões culturais que impedem o brasileiro de mudar de time, ou sei lá por qual motivo, mas não deixará de ser.

Mas você também não é maluco de achar que tudo se resolverá num passe de mágica, certo? Agora você QUER fazer alguma coisa? Sim? Ok, mas você PODE fazer alguma coisa?

Não! Eu não me refiro a ficar apenas reclamando em redes sociais ou escrevendo em blogs! Refiro-me a algo real. Amigo, se disse sim até aqui, saiba que só há uma via, uma forma, uma única alternativa: associar-se.

Sim… Sim… Hoje ser sócio do Vasco é praticamente não ter qualquer contrapartida como bem descreveu a brilhante Silvia Cambará. Mas como bem diz nossa outra brilhante colunista Carol Sousa, hoje associar-se é um ato de amor, de desprendimento, é fazer algo sem querer nada em em troca. Pelo menos imediatamente.

Mas se você disse não a qualquer uma das duas últimas perguntas, eu não o condeno. Sequer eu o julgo. Você é tão vascaíno quanto eu e tem, talvez, muito mais razões para simplesmente pouco se lixar para tudo isso. Você tem o meu respeito.

Só te peço um pouco de compreensão com os “loucos” que como eu ainda acreditam que podemos sair desse lamaçal de quase quinze anos em que nos encontramos. Acreditamos e empreendemos uma boa parte de nossa vida nisso. Merecemos respeito também.

Para nos zoar e nos colocar para baixo, bastam nossos rivais. Essa é a função deles e não a nossa.

—-

Acabo de ler que Eurico, o “messias”, decretou: Celso Roth fica!

Lamento profundamente por quem acreditou no projeto desse sujeito.

Lamento muito por quem se deixou levar por conta da administração calamitosa do Dinamite e acreditou que uma volta ao passado, uma involução era a solução, quando na verdade era o momento de darmos um passo para frente, de ousarmos, de evoluirmos enfim.

Eurico nada mudou. Continua expulsando sócios, exercendo a presidência de forma ditatorial, algo que não há respaldo algum na nossa história democrática, centralizando todas as decisões e tentando se tornar ele maior que o próprio clube.

Nossa situação é triste e humilhante e ele, o “messias”, tem muita culpa nisso tudo.

—-

Depois da decisão acertadíssima em transferir os jogos para o Maracanã, mais um tiro nos já combalidos sócios: para se fazer valer de um direito que é registrado no próprio site do programa de sócios (?) do Vasco – ter direito à meia entrada, o sócio tem que se dirigir à secretaria do clube, localizada em São Januário, único lugar que foi disponibilizado ao sócio para ele usufruir de seu direito.

Boa Eurico!!!

—-

Nesse “disse-me-disse” sobre a troca do técnico aventou-se a possibilidade de trazer o ex-técnico Antônio Lopes.

Numa boa: esse senhor não deveria sequer pisar mais em São Januário, a não ser como adversário. Como ele ainda é sócio? Um sujeito que mente descaradamente perante um tribunal????

E sem essa de que ele estava defendendo quem o pagava. Valor não se vende. Se o seu patrão mandar você pular de uma janela do décimo andar, você pularia?

—-

Ironias do destino…

No último rebaixamento caímos principalmente por causa da falta de goleiros.

Hoje temos goleiro… E só.

—-

E você que vaiou nosso goleiro Martín Silva em São Januário no jogo contra o Palmeira: já se arrependeu?

—-

Se eu vou ao jogo no Sábado? É claro que eu vou. Para onde a caravela for, eu vou.

Posted By Kiko Abreu

3 Comments

Silvia Cambará

Eu estou tentando me associar, Kiko. Desesperadamente, aliás. rs

E concordo contigo, a solução é a longo prazo e precisamos começar agora. Já! Mas será que o messias tem interesse em uma enxurrada de novos sócios certamente opositores?

Vamos ver se sai do papel esse tal novo programa.

No aguardo.

S.V.
/+/

P.s. Brilhante é você! rs =)

Diogo

Na boa amigo.. como alguém vai se associar hj em dia se isso é algo impossível de ser feito?? Já cansei de ouvir pessoas falando que não conseguem se associar, q não conseguem pagar as parcelas de sócio.. essa merda do euvírus não quer mais sócios.. Elogio o seu otimismo, mas sem um programa de sócios novo, essa não vai ser a solução.

Diogo

Uma outra questão que vc levantou foi sobre a última eleição.. Eu acredito que o euvírus só se reelegeu com os votos comprados daquela história do mensalão que até hj não foi esclarecida e morreu no limbo, mas p mim era caso de ir na Justiça. Acho que boa parte dos sócios que eram verdadeiramente vascaínos sabiam q seria ruim sua volta e não votaram nele..

Leave a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *